Dezembro reforça medidas de prevenção contra o HIV/Aids e o câncer de pele

 

O ano se encerra com cores vibrantes. Em paralelo com o início do verão no hemisfério sul, o “Dezembro Laranja” conscientiza sobre o combate ao câncer de pele.

De acordo com o Inca (Instituto Nacional do Câncer), o Brasil deverá apresentar 183.390 novos casos em 2020. Desse total, 176.940 correspondem aos cânceres de pele menos agressivos —o basocelular e o espinocelular— e 8.450 ao mais agressivo, o melanoma.

Diagnosticar precocemente um câncer de pele permite estabelecer o prognóstico e o tratamento a ser realizado. Para isso, a biópsia é do tipo excisional em que o cirurgião ou dermatologista retira a lesão inteira para enviar para análise do patologista.

Sintomas:

O câncer da pele pode se assemelhar a pintas, eczemas ou outras lesões benignas. Assim, conhecer bem a pele e saber em quais regiões existem pintas, faz toda a diferença na hora de detectar qualquer irregularidade. Somente um exame clínico feito por um médico especializado ou uma biópsia podem diagnosticar o câncer da pele, mas é importante estar sempre atento aos seguintes sintomas:

– uma lesão na pele de aparência elevada e brilhante, translúcida, avermelhada, castanha, rósea ou multicolorida, com crosta central e que sangra facilmente;– uma pinta preta ou castanha que muda sua cor, textura, torna-se irregular nas bordas e cresce de tamanho;– uma mancha ou ferida que não cicatriza, que continua a crescer apresentando coceira, crostas, erosões ou sangramento.

Prevenção:

– evite exposição prolongada ao sol entre 10h e 16h;– use sempre proteção adequada, como bonés ou chapéus de abas largas, óculos escuros, barraca e filtro solar com fator mínimo de proteção 15. Usar o filtro solar apenas uma vez durante todo o dia não protege por longos períodos. É necessário reaplicá-lo a cada duas horas, durante a exposição solar. Mesmo filtros solares “a prova d’água” devem ser reaplicados.

Outra versão do mês, o “Dezembro Vermelho”, aproveita que o primeiro dia do mês é o Dia Mundial do Combate à Aids para lembrar a todos da importância de se prevenir essa doença, o HIV e outras doenças sexualmente transmissíveis. O objetivo é desconstruir o preconceito sobre as pessoas vivendo com HIV/Aids e conscientizar a juventude a respeito de comportamentos seguros de prevenção.

Não importa o mês: cuidar da sua saúde é algo que deve ser feito sempre, tanto por meio da prevenção como do tratamento de quaisquer problemas. Compartilhe este post com seus amigos e familiares para aumentar ainda mais a conscientização sobre as datas!

 

 

Categorias: blog

0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado.